CATEGORIA:

Dieta vegetariana


 Imagem: Sanavita

Estudos epidemiológicos têm documentado alguns benefícios de dietas baseadas em alimentos como hortaliças, frutas, cereais, leguminosas e nozes, o que está relacionado com a diminuição de risco para doenças crônicas não transmissíveis e mortalidade total. As dietas baseadas em vegetais apresentam substancias biologicamente ativas, além de apresentarem nutrientes, vitaminas, minerais e menor quantidade de gordura saturada e, relativamente, maior quantidade de gordura insaturada, carboidratos, fibras e água.

Os principais motivos para adoção desta dieta estão relacionados à saúde, à ética e aos direitos dos animais, ao meio ambiente, à fome, à economia e à religião. 
Parte de tais evidências é proveniente de pesquisas sobre a saúde dos Adventistas do Sétimo Dia, pois esse grupo apresenta uma homogeneidade em muitas escolhas do estilo de vida como abstinência ao tabaco e ao álcool, além da adoção dos regimes vegetarianos ou ovo-lacto-vegetariano.

“ A fim de saber quais são os melhores alimentos, cumpre-nos estudar o plano original de Deus para regime do homem. “Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e toda árvore que dá fruto ser-vos-á para mantimento – assim diz o Senhor. Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da forma mais simples e naturais possível são os mais saudáveis e mais nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante.” –  A Ciência do Bom Viver, 208,209 (2013) E.G.W.

Existem diferentes tipos de padrão alimentar seguindo a linha vegetariana, são eles:
·         Ovolactovegetarianos: De fonte animal consomem apenas ovos, leites e derivados.
·         Lactovegetarianos: De fonte animal consomem apenas leites e derivados.
·         Ovovegetarianos: De fonte animal consomem apenas ovos.
·         Vegetarianos estritos: Não consomem nada de fonte animal.
·         Veganos: Não consomem nada de fonte animal, não só na alimentação, mas em qualquer outra atividade que seja obtido através do sofrimento de animais (vestuários, entretenimento, produtos testados em animais...).

Para os adeptos de dietas vegetarianas, apesar de a literatura mostrar ser um padrão alimentar saudável, ainda assim, é importante ter uma avaliação e orientação de nutricionista. Esses padrões alimentares podem apresentar baixa biodisponibilidade de ômega 3 e vitamina B12, e um nutricionista poderá orientar a melhor maneira de consumir ou suplementar esses nutrientes.

Texto: Q4Nutrição


PADRÃO ALIMENTAR DA DIETA VEGETARIANA.  Disponível em: http://apps.einstein.br/revista/arquivos/PDF/518-v6n3aRW518portp365-73.pdf.

postagens relacionadas

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA COM ATENÇÃO

O seu comentário é super importante para nós e estão abertos para todos. porém alguns critério devem ser seguidos. Não aceitamos:

- Comentários ofensivos.
- Spams.
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
- Comentários duplicados.

Caso não respeitar as regras acima, o comentário será apagado pelos administradores do blog.